|   -A     Padrão     A+   |  

Fundação Cultural Alfredo Ferreira Lage - FUNALFA
PATRIMÔNIO CULTURAL

Bens Tombados


BENS TOMBADOS DE INTERESSE CULTURAL
CASA D'ITÁLIA - DOMUS ITÁLIA
Localização: Avenida Rio Branco, 2.585 - Centro
Decreto:
O terreno para construção da Casa D'Itália foi adquirido pelos italianos em 11 de outubro de 1933 sendo o prédio construído em 1936 graças ao esforço de membros da comunidade italiana e o apoio da Companhia Construtora Pantaleone Arcuri. A inauguração data de 1939. O governo Fascista de Mussolini colaborou com 50 contos de réis e as letras de metal que estão na fachada. O projeto do prédio visava abrigar um centro de vivência ítalo-brasileira e durante a guerra o imóvel esteve sob o poder do exército que ali instalou o círculo militar. Terminada a guerra, a Casa d'Itália retornou as suas funções normais.

Trata-se de interessante exemplar arquitetônico marcado pela presença de linhas retas, volumes simples e pelo despojamento decorativo, apresentando características utilizadas nas construções Art Déco da cidade. Implantada no centro de terreno, sendo antecedido por escadaria de mármore e jardim. Seus dois pavimentos possuem estrutura de concreto vedada por alvenaria de tijolos cerâmicos.

A composição é simetrica, marcada verticalmente pelo avanço central tripartido com pilares que alcançam a altura dos dois pavimentos. O sentido horizontal é assinalado pelas faixas lisas do guarda-corpo maciço das sacadas do nível superior e do coroamento do corpo central do edifício. A nudez decorativa é um dos aspectos principais da fachada, salientando-se apenas as superfícies lisas da alvenaria, o jogo de planos e volumes, os arremates em moldura reta dos guarda-corpos e painéis laterais e o desenho discreto das esquadrias em ferro e vidro.

Nas extremidades dos painéis laterais encontram-se as típicas janelas de canto. A porta central com desenho geométrico e o avanço do corpo central da fachada contribuem para dar uma certa imponência ã composição. No alto aparece a inscrição " DOMVS ITALICA", em letreiro metálico.

As fachadas laterais são marcadas pela sucessão de três vãos no pavimentos - porão, térreo e pavimento superior - mesclados entre portas e janelas de peitoril e basculantes, todos com esquadrias de ferro vedados por vidro. A fachada posterior encurvada nas laterais, apresenta-se completamente despojada de elementos decorativos, apresentando uma empena cega ( correspondente ao segundo pavimento e uma elevação que, aqui, forma um terceiro pavimento) e um terraço que avança sobre os dois primeiros pavimentos. Nestes últimos, a fachada é vazada por sequência de basculantes e uma única janela central verticalizada.


Prefeitura de Juiz de Fora
Av. Brasil, 2001 | Centro - Juiz de Fora/MG - CEP: 36060-010
Todos os direitos reservados. Copyright © 2021 - Site versão 3.2